Adolescente do caso Dieckmann é apreendido em São Paulo

uberlan bruno Bruno | 14:19 | 0 comentários

Compartilhe »»

Desenvolvido por HS Dicas



RIO - Um adolescente de 17 anos, suspeito de ter invadido o site da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e publicar fotos da atriz Carolina Dieckmann nua, foi apreendido na manhã desta segunda-feira na cidade paulista de Carapicuíba, informou o site G1. As imagens foram colocadas na página principal do site em 15 de maio. Após tomar conhecimento da invasão, a Cetesb retirou o site do ar.


De acordo com o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), o adolescente foi identificado no dia seguinte ao ataque, mas só pôde ser apreendido nesta segunda-feira, após a obtenção de mandados de busca e apreensão. Na manhã desta segunda, os policiais estiveram na casa do adolescente, no bairro Jardim Rosa Linda, e na escola de informática onde ele dá aula, no Centro de Carapicuíba. Segundo a polícia, materiais gráficos e quatro computadores foram apreendidos na ação.


O jovem foi levado para a sede do Deic, na Zona Norte da capital paulista. Ele estava acompanhado pelo pai. A polícia investiga ainda a participação de um outro rapaz no caso.

Carolina Dieckmann teve 36 fotos íntimas furtadas de seu computador e publicadas na internet. Segundo os policiais que investigam o caso, o hacker que roubou as imagens usou um software específico para isso, que foi enviado para a conta de e-mail da atriz. Leonan Santos, o principal suspeito de ter entrado no computador da atriz e furtado os arquivos, enviou as fotos para Diego Fernando Cruz, de 25 anos, no interior de São Paulo, que teria então mandado as fotografias para um site pornográfico que pertence a Pedro Henrique Mathias.

Um adolescente, cujo nome não foi divulgado, teria sido o responsável pela chantagem à atriz, que recebeu um pedido de R$ 10 mil para evitar a publicação das imagens. Os envolvidos serão indiciados por furto, extorsão qualificada - e difamação.

Em entrevista ao “Jornal Nacional”, da TV Globo, Carolina disse que nunca pensou em ceder à chantagem dos hackers responsáveis pelo roubo e divulgação das imagens e que espera por justiça.

- O que é melhor, uma mãe posar nua ou uma que aceita chantagem? - perguntou, após comparar a situação pela qual passou a uma "faca no peito". - Minha vida estava em suspenso - comentou.

Os investigadores interceptaram uma troca de mensagens do grupo pela internet. Nas conversas recuperadas pela polícia, os hackers se mostram preocupados com a repercussão do caso, mas brincam com a possibilidade de serem presos. “Qualquer coisa, vai na cadeia fazer uma visitinha lá pra mim”, diz um dos jovens a outro, por e-mail. E, segundo os policiais, foram as informações deixadas pelos próprios hackers nos acessos aos e-mails de Carolina Dieckmann que permitiram a identificação eletrônica dos suspeitos. Numa das mensagens interceptadas pela polícia, Diego admitiu ter passado as fotos de Carolina Dieckmann adiante.

FONTE: Agência O Globo 

Category:

0 comentários